21 de fevereiro de 2011

Ladies de Deluxe



Numa postagem anterior falamos a respeito da Nightster, que é uma possibilidade para as ladies of road. Agora vamos mostrar outra possibilidade, para as meninas que desejam fazer um upgrade.
A Deluxe Softail é uma moto muito charmosa com características próprias: luz de freio, bagageiro,pneus faixa branca, rodas raiadas, belas cores e harmonia nos cromados; o que dá uma qualidade nostálgica à bike. Dizem que ela é a versão nostálgica da Heritage e foi introduzida na família softail em 1993.
O peso desta Deluxe é de 313Kg, mas como é a mais baixa das softail, dá maior segurança ao manobrá-la.
Portanto minha amiga, se você gostou do visual; suba numa máquina dessas, acione o motor... e se seu coração bater em galope... Saiba que a conexão foi feita...

Lembra do filme Avatar???


Ficha técnica:

18 de fevereiro de 2011

Customização nos E.U.A

É muito fácil customizar sua Harley-Davidson nos E.U.A, basta clicar no ícone e encontrar uma loja perto de você

17 de fevereiro de 2011

Grupo Servopa & Harley-Davidson em Curitiba

Em Curitiba, a previsão é de que o setor de serviços da concessionária comece a funcionar no próximo dia 28. A abertura da revenda dos 13 modelos da Harley-Davidson produzidos no país deve ocorrer até 1.º de abril.

É um braço independente, que ficará responsável pelos serviços e vendas da marca”, explica o diretor do Grupo Servopa, Roger Wolf Pedroso, que espera vender entre 35 e 40 motos por mês. Hoje, há cerca de 3 mil motos da marca rodando pela ruas de Curitiba. A Harley-Davidson do Brasil não informou quanto vai ser investido no plano de expansão, nem a capacidade de produção da nova unidade.

Inicialmente, a operação paranaense será em uma revendedora provisória na Rua Mário Tourinho, com oito boxes de serviços em uma área de 600 metros quadrados, e mais 400 metros quadrados de show room. No total, 22 funcionários estarão envolvidos, dos quais cinco já estão em treinamento em São Paulo.
Dentro de um ano, o Grupo Servopa espera mudar a concessionária para um endereço definitivo, ainda não escolhido. “Estamos estudando três terrenos para construir a loja definitiva. A revendedora provisória já está dentro dos padrões exigidos pela marca, assim como o local futuro, que terá participação direta da Harley-Davidson desde a escolha do local até a concepção do projeto”, afirmou Pedroso.


Serviço:
O Grupo Servopa abriu alguns canais de comunicação para que os proprietários de Harley-Davidson possam agendar serviços, tirar dúvidas e demostrar intenção de compra de peças ou até mesmo motos. Contato pelo telefone (41) 3330-2200 ou pelo e-mail harleydavidson_curitiba@hotmail.com.

Fonte: Blog Amigos HD


Projeto da Loja


Enviei um email, e eles me responderam que a partir da semana que vem estarão atendendo na parte de oficina e que a partir de abril, será inaugurado o show room. Então vamos aguardar...
Endereço: Rua Gen. Mário Tourinho, 1055
Fone: 41 3333-7789


Veja também

Harley-Davidson assume operações no Brasil


Desde 1999, a Harley-Davidson está presente no Brasil. No entanto, ao longo destes 12 anos, a marca norte-americana de motocicletas jamais assumiu oficialmente as operações, relegando a representantes a função de vender suas desejadas magrelas. Após longo período de negociações e batalhas judiciais com o Grupo Izzo, a Harley retoma o direito de comandar os negócios no País.
Com apenas dois pontos de vendas - São Paulo e Belo Horizonte -, o objetivo é apagar a imagem ruim que ficou junto aos clientes fiéis das míticas motos com relação ao serviço de pós-vendas, muito criticado. "Inicialmente, não queremos aumentar as vendas, mas investir no atendimento técnico e fidelizar os compradores da marca", disse Longino Morawski, diretor-superintendente comercial da Harley-Davidson no País.
A sede será em um prédio exclusivo na Avenida Morumbi, Zona Sul da Capital, e será inaugurada em março. No local, além do centro administrativo da montadora, estarão presentes outros pontos de desenvolvimento, como centro de treinamento para técnicos e vendedores com capacidade de atender 300 pessoas por mês.
A Harley também terá novo centro de distribuição de peças localizado no Rodoanel. "O prazo para entrega de equipamentos em São Paulo cairá de 15 para apenas um dia, enquanto para o resto do território será de três dias, em média", revelou Morawski.
Até o fim do ano, a Harley-Davidson espera estar operando com dez concessionárias em todo o País - pelo menos quatro em São Paulo. E as demais, onde as lojas da marca já estavam presentes. "Estamos em processo de escolha dos grupos empresariais que nos representarão", explicou o executivo.
Para abastecer o mercado, a marca irá ampliar sua linha de montagem em Manaus (AM), onde as motocicletas são produzidas em sistema CKD - apenas montagem das peças vindas, em sua maioria, dos Estados Unidos.Sem grandes ambições comerciais, a marca pretende vender por volta de 4.000 magrelas - número muito próximo das vendas registradas no ano passado. 


Em 2011, estão na rota da Harley-Davidson, as cidades de Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ). A inauguração da nova fábrica, que está em processo de fundição, está prevista para agosto e terá capacidade de produção de até 20 mil unidades. A empresa, no entanto, não divulgou o valor do investimento e as projeções para os próximos anos. 


Linha 2011
Este ano, a Harley-Davidson continuará a comercialização dos 13 modelos (família Sportster, Dyna, Softail, Touring e VRSC) que já eram montados no país. Os preços serão divulgados somente em março, mês de início das vendas. 


Fonte: Diário do ABC e Globo.com

15 de fevereiro de 2011

Harley-Davidson - Planos para o Brasil


A Harley-Davidson do Brasil anunciou nesta terça (15) seus planos de expansão da marca no país, além da formação de uma nova rede de autorizadas. "Novas concessionárias foram nomeadas nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte e estão temporariamente operando como centros de serviços. Estamos planejando nomear outras concessionárias nos próximos meses, com o objetivo de criar uma rede para cobrir o mercado brasileiro", afirma Mark Van Genderen, vice-presidente da Harley-Davidson Motor Company América Latina.
Esse anúncio faz parte da estratégia de crescimento internacional da empresa. A companhia espera que as vendas de motocicletas fora dos EUA sejam superiores a 40% do total produzido em 2014. Para chegar a essa marca, a Harley-Davidson planeja nomear entre cem e 150 novas concessionárias em todo o mundo até 2014.

"A Harley-Davidson está comprometida com o Brasil e fazendo mudanças para assegurar que os clientes daqui desfrutem da experiência de qualidade que representa uma marca premium, como a nossa", diz Van Genderen. Uma das iniciativas da empresa é a abertura de um centro de treinamento em São Paulo, localizado na nova sede da Harley-Davidson do Brasil, que será usado também para treinar técnicos de toda a América do Sul.

Outra iniciativa é a abertura de um armazém de peças na região do Rodoanel. O novo centro de distribuição atenderá a rede de concessionárias no país. A Harley-Davidson Motor Company produz motocicletas Custom, Cruiser e Touring de alta cilindrada e oferece uma linha completa de peças, acessórios, equipamentos e produtos em geral. Para fornecer mais informações, a empresa deixa à disposição o tel. (0800) 724-1188, o e-mail sac@harley-davidson.com.br e o site www.harley-davidson.com.br.


Quando entramos no site da Harley já podemos visualizar uma carta direcionada ao consumidor.

4 de fevereiro de 2011

Harley-Davidson a way of life


O livro com este título traz na introdução, as palavras de um dos autores que gostaria de transcrever, pois são muito expressivas.

"Ela é uma verdadeira "grande dama" que, em mais de 90 anos, nunca envelheceu e tem demonstrado continuadamente que o clássico nunca cai de moda. A cor da sua roupagem não importa; o que é importante é como seus diamantes são expostos. Ela tem tido os maiores amantes,totalmente apaixonados, que são capazes de percorrer centenas de milhares de milhas por ela e com ela. Ela sempre tem sido procurada, examinada, despida com os olhares e invejada. Ela ganhou grandes prêmios e guerras; ela tem ido a lugares que outras não poderiam. Hoje, ela continua cativando; ela é celebrada e exibida, vestida conforme os diferentes gostos.
O retorno dela tem afetado o mercado, mesmo tendo sido inundado pelas japonesas.
Ela não teme a ninguém.
Ela está com quase 100anos, e toda manhã quando eu a acordo e a descubro, eu não posso deixar de admirar sua linha perfeita, que fez o sonho de meu pai e o meu de escrever este livro.
Obrigado Sr Harley.
Obrigado, aos Davidsons."

Por Albert Saladini

Do livro: Harley-Davidson - A Way of Life

Vìdeos Zen na Motocicleta