28 de novembro de 2013

Confabulando sobre o que é ser um Verdadeiro Motociclista...

Esses dias me perguntei quantos quilômetros fiz desde que me tornei uma pilota... E não pude chegar a nenhuma conclusão, pois, só me lembro vagamente de alguns números. Todavia, recordo-me das experiências, das viagens, e da adrenalina que cada uma das motocicletas me  proporcionaram. 
O que me chamou a atenção com relação a isso é porque frequentemente observo alguns conceitos sobre o que é ser um VERDADEIRO MOTOCICLISTA.

Alguns acham importante a quilometragem pois é desta forma que se qualifica um bom motociclista, alguém a quem se possa respeitar - se fez centenas de milhares de Km... ou não... se faz apenas 1000 km num ano.

Outros precisam viajar para determinados países, determinadas estradas e passar por determinadas provas para se dignarem ser um  verdadeiro motociclista.

Ah! Outra proposta é de quem só pode ser considerado um verdadeiro motociclista se viajou debaixo de chuva, de muita chuva...

Sem querer criticar cada uma destas definições, mas sim, abordando a partir do que é ter uma Harley Davidson...
A motocicleta é a expressão da Liberdade tão desejada, é uma ferramenta importante que nos tira do condicionamento, dos problemas do dia-a-dia. Ela é o salto quântico para o momento presente e para o reconhecimento do PODER que habita em nós. 

Para mim, ser uma verdadeira motociclista é sair de moto quando se está com energia e alegria, pilotar com atentividade e curtir - sempre que possível - a beleza que está diante dos olhos, sem desrespeitar as próprias limitações. 


Foto do Encontro em Punta del Este 2012

Ficamos repletos de presença quando fazemos o que realmente gostamos, e a Vida pulsa mais do que nunca em nosso coração...

E VIVA A VIDA, minha gente querida!!!

24 de novembro de 2013

Novos Road Captain

O HOG Chapter de Florianópolis com apoio da Floripa Harley-Davidson, realizaram algo inédito aqui no Brasil. Durante o ano de 2013 administraram todos os módulos do Rider Program. Sendo que alguns módulos foram ministrados várias vezes, devido à demanda por parte dos novos pilotos de lendária marca americana; foram os módulos de como andar em marcha lenta, de como fazer curvas e reconhecimento dos sinais para se andar em grupo - estes são os básicos. Digo isto, porque para os novos PHD é indispensável conhecer bem as possibilidades da máquina que está adquirindo.
Sendo assim, o HOG da Floripa HD irá formar a primeira turma de Road Captain do Brasil.
Eles estarão habilitados a:
  • colaborarem com o Head Road Captain;
  • conduzirem o comboio - Road Captain,
  • organizarem uma viagem;
  • dar suporte nas mais variadas situações e também em acidentes e problemas mecânicos.


Parabéns ao belo trabalho e dedicação de toda Diretoria do HOG - em especial Marcio Zunino e nosso Head Road Captain, Roberto Reckziegel; e ao  nosso Dealer - Vanderlei Berlanda e a nossa querida Carla Bonocore.
Aos novos Road Captain... Bora conduzir o comboio!!!

12 de novembro de 2013

Pilotando no corredor do congestionamento

Esses dias tive uma experiência dessas voltando para casa. Na BR 101 peguei um engarrafamento desde o trevo para a BR 116 - em Curitiba - até o posto da PRF Próximo da entrada para Tijucas do Sul. A solução, para não ficar muito tempo andando em primeira marcha, foi andar no corredor. Para ajudar começou uma garoa fina - cuidado redobrado nas faixas pintadas e óleos no asfalto...
Liguei o pisca alerta e assim fui devagar, alternando de faixa quando os automóveis não cediam espaço.
Temos que ter muita atenção nesta hora e ficar alerta com:
  • outras motos,
  • carros que porventura saem do acostamento e entram abruptamente na rodovia, 
  • carros que mudam de faixa,
  • pessoas e animais atravessando a rodovia e
  • passageiros que possam, repentinamente, abrir a porta do automóvel...

Minha irmã estava na garupa do marido, e eles estavam andando num corredor destes onde, de repente, alguém resolveu sair do carro... E eles acertaram a porta em cheio. Resultado, os dois quebraram o braço e um belo estrago na moto...
Os amigos deles que foram pelo acostamento, não aconteceu nada, a não ser se a polícia presenciar tal façanha...
Para os motociclistas seria mais prudente poder andar pelo acostamento mesmo,  pois as chances de acontecer algum problema são menores do que no corredor. Mas enquanto isso não é permitido, precisamos na hora resolver da melhor maneira possível a fim de preservar a vida.
Nos vemos na estrada!

Foto: Adriana Kravetz

6 de novembro de 2013

A importância dos faróis auxiliares

Sem contar o benefício óbvio que é melhorar a iluminação da estrada, gostaria de salientar o maior respeito por parte dos outros automóveis. 
A Street Glide é uma motocicleta que vem sem os faróis auxiliares e eu notava que os carros e até eu mesma tinha dificuldade em diferenciá-la de uma moto de baixa cilindrada; pois o farol de uma e de outra é quase do mesmo tamanho. Os carros só saíam da frente quando a Street chegava perto e eles podiam ver a asa de morcego. Consigo perceber a diferença com a Deluxe, bastou acender os faróis auxiliares para os carrinhos darem passagem.
Mas devo confessar que isso não funciona para caminhões... Digamos que 60% dos motoristas de caminhões gostam de ver Harleys na estrada. Porém a outra parte se vir que é uma mulher pilotando, ainda por cima, vão pra cima para ver como nos saímos... É uma lástima, pois eles não pensaram sobre as consequências deste ato. Quando acontecem coisas assim ou você fica atrás do caminhão ou se manda e fica bem , bem longe...
Cuidado com os caminhões na estrada!!! 
Até a próxima postagem, amiga(o)s de estrada...




1 de novembro de 2013

Extensor do botão do pisca

Para quem tem a mão pequena é uma beleza estes extensores de pisca... Pois sem eles tinham que esticar toda a mão para poder acioná-los e no final de um percurso sentia dores.
Você pode encontrar estes extensores na Kuryakyn, ou então, se a criatividade estiver em alta - fazer você mesma(o).
Utilizei um pedaço de plástico apropriado, pintei com tinta preta, coloquei alguns adesivos com motivos HD e colei nos botões com fita dupla face para uso externo.




Ficou show, não é mesmo? E funciona...

Agora se você quiser comprar é só clicar neste link da Kuryakyn
Veja também que a Harley-Davidson desenvolveu um botão extensor (clique neste link).

Nos vemos na estrada!!!




Vìdeos Zen na Motocicleta