29 de outubro de 2011

Toda Cinderela tem seu dia de Gata borralheira...

Ou será o inverso???? 
Não importa... 
O que posso dizer é que da mesma forma que me sinto bem pilotando esta máquina magnífica...
Gosto de cuidar dela pessoalmente,
pois faz parte da mototerapia (veja esta postagem)








Aprendi algumas regras como: 
1. Usar lavadora à jato somente nas partes baixas da moto,  orientando o jato da frente para trás e nunca ao contrário. No restante da moto uso chuveirinho.
2. Nos pneus com faixa branca, utilizar querosene e uma escova de dente para tirar as manchas;
3. Evitar passar silicone nos pneus;
4. Lubrificar os canos de escape com WD40, bem como os cabos e partes que estão oxidando;
5. Nas partes cromadas passar Brasso;
6. Nos aros usar micro-retífica para polir partes em oxidação;
7. A cera Super Protetora da 3M, é excelente para a lataria.
8. No  para-brisa usar produtos anti-embaçante; 
9. Sempre ligar a moto por uns 5 minutos para secar totalmente.

Bem depois de fazer tudo isso, ela está tinindo de novo...

Se você tiver mais alguma dica, por favor deixe o seu comentário. E até a próxima postagem.

25 de outubro de 2011

Meditação e a atitude ao pilotar uma moto


Por Monja Coen

"O que a moto tem de similar com a meditação é que você não pode ficar guiando a moto divagando, pensando em problemas e dificuldades. Tem de esvaziar a mente, e isso não significa ficar sem nada na mente, e sim estar com ela aberta para inúmeras possibilidades. A mente não vai focar somente você, e sim todo o ambiente ao seu redor. E mesmo assim você estará em foco perfeito.
O foco que a moto exige é : o foco do meu caminho, da direção e de tudo que há à volta."

Fonte Revista IZZO - texto de Renata Leão

Foto: Vera Felippetto

21 de outubro de 2011

Mototurismo em 1953


No verão de 1953 Geoffrey Gander e seus amigos fizeram um passeio anual, de motocicleta, ao redor da Europa. Eles passaram pela França, Alemanha, Áustria, Itália e Suíça; as motos que fizeram parte desta jornada foram: Brough Superior, Triumph Thunderbird, 2 Sunbeam e uma Triumph.


No documentário escrito pelo filho de Geoffrey, tem lindas fotos; desde o embarque das motocicletas nos aviões, até os belos alpes da Baviera. Ah! Eles usavam terno  e gravata e uma capa, para pilotar... Nada de roupas de couro, cordura ou goretex.
Veja toda a reportagem clicando aqui

                                                                   Fotos: Geoffrey Gander


                                                                    Fotos: Geoffrey Gander


Fotos: Geoffrey Gander


Lindas fotos , não é mesmo??? E que disposição... Pois naquela época as estradas eram de chão batido. Ah! E eles paravam para fazer um lanche na beira da estrada mesmo, com direito até a um fogareiro... Muito legal!

16 de outubro de 2011

Quer importar uma moto?


Um dia desses li uma matéria da Rotaway referente  à importação de uma motocicleta. Sempre tive curiosidade em saber se tal façanha, compensaria a energia dispendida.

Segundo a matéria, até 2004 era utilizado um índice de 2,5 que era aplicado ao valor CIF (custo incluído frete) para estimar o valor final do veículo importado.
Por exemplo: adquirido uma moto no valor de USD 10.000 ( R$ 18.800,00), bastava multiplicar por 2,5 para obter o valor final de R$ 47.000,00.


Foto meramente ilustrativa


Hoje em dia o índice passou para 2,74, atingindo valor final de R$51.512,00, para a mesma moto.

"A alíquota de importação para veículos é de 70% a todos os importadores. Caso o importador seja representante ou montador da marca no Brsil e submeta ao program de exportação de partes e peças ou veículos para o exterior, a alíquota cai para 35%.  Isto reduz pela metade o imposto de importação e faz com que o preço do veículo importado pelo representante da marca fique abaixo do preço final do veículo trazido por importação direta. Além do mais, há a garantia, que veículos trazidos por importação direta não tem. 

Resumindo, se você quer importar uma determinada motocicleta que não esteja disponível para venda no Brasil, veja o preço do produto no exterior, pesquise o valor do frete por via marítima (bem mais barato do que via aérea), some e multiplique por 2,74.

Depois vá até o representante da marca e solicite um orçamento para importação da moto de seu sonho ( Alguns prestam este tipo de serviço). Compare e decida."
Por José Fernando Esteves


Mesmo o dólar tendo estado favorável para nós, a motocicleta ficava 4 vezes o preço em dólar. Porém hoje ela fica mais do que 5 vezes o valor e ainda por cima, não tem garantia. 

13 de outubro de 2011

Learning to fly - As Asas de Vera


Fonte: Blog Mulheres Motociclistas

Realizar o sonho de voar pilotando sua própria moto é mesmo um desafio. É preciso coragem, calma, responsabilidade. Então, nada melhor que ouvir o relato apaixonado de uma motociclista experiente do nosso grupo afirmando que este sonho é sim possível, maravilhosos e muito, muito mais. Voa Vera!!
"Desde 2004 tenho aprendido muita coisa a respeito do mundo motociclístico. Se posso lhes dizer alguma coisa sobre minha experiência, é isso... Embora muitas pessoas já queiram iniciar a sua jornada em 2 rodas com a sua moto dos sonhos, penso que antes disso é crucial conhecer as suas limitações, bem como as suas reações em determinadas situações de stress. Para tanto um "upgrade" é muito importante para se adquirir experiência e principalmente auto-confiança; mas, sem excesso de confiança...
Acredite! Nenhum curso lhe dará isso, é somente você com a moto e com o tempo... É menos pior cair com uma moto pequena do que com a sua moto dos sonhos...(experiência própria). Quanto mais consciente estivermos do que é o pilotar, melhor será a nossa percepção do que está acontecendo à nossa volta e, consequentemente, prevemos situações que podem nos pôr em perigo. E para que isso seja possível, devemos estar no presente (alerta), e sem preocupações, enquanto montados na bike. Meu marido e eu formamos um grupo, de dois, e gostamos de fazer passeios e pequenas viagens, a fim de celebrar a vida e confraternizar com as pessoas, a alegria e a liberdade em 2 Rodas. VIVA A VIDA!!!"

Mulheres Motociclistas: Learning to fly - as asas de Vera: Vera e a moto na sala -"minha mobília favorita" Realizar o sonho de voar pilotando sua própria moto é mesmo um desafio. É preciso coragem...

11 de outubro de 2011

Fraternidade Motociclística

Final de semana sem chuva... É hora de tirar as bikes de dentro de casa e se preparar para fazer moto-terapia.
Capas de chuva e Frajola no banco de trás e vamos nós, um grupo de dois, fazer um passeio no sábado pela manhã...


São vários os obstáculos até alcançar a BR 101, porém todos superados brilhantemente.
Chegando ao Rudnick  encontramos um pequeno grupo de motociclistas que estavam comemorando,  com um dos integrantes, a compre de uma Boulevard 800.




E, motociclistas encontrando outros motociclistas  observa-se uma simpatia natural... Diferente dos motoristas de automóveis. 
Ficamos conversando com este pessoal que depois seguiram para Guaratuba e nós fomos almoçar no Restaurante Max Moppi em Pirabeiraba, e depois subimos a serra Dona Francisca.

 No Restaurante Max Moppi apreciando esta vista para a Serra

Entendi, também, porque os Jaspions não tem essa mesma disposição... É que , devido à grande velocidade que eles pegam com suas bikes, a visão se torna pontual, consequentemente eles não vêem ninguém a não ser a estrada...

Mas os Harleyros e simpatizantes... Ah! Esses já se conhecem de longe. Pois enquanto estávamos no Rudnick, um harleyro passou lá na estrada marginal, mas mesmo assim, viu a gente e fez questão de acenar...
E tantos outros na estrada. Muito legal!!!

 Campo Alegre

Adoro os pinheirais próximo à Campo Alegre

6 de outubro de 2011

Harley-Davidson no Salão Duas Rodas

Para aqueles que, por alguma razão, não poderão ver estas novidades no Salão 2 Rodas; eis aqui um resumo dos lançamentos trazidos para o Brasil pela Lendária Harley-Davidson.

Da família da Sportster foi introduzido o modelo 1200 Custom. Como já tive a experiência com uma 883C, vejo que esta é melhor por causa da maior potência, é claro, pneu dianteiro largo e o tanque de combustível tem quase 5 litros a mais do que uma 883R ou uma Nightster.

Foto Harley-Davidson USA

Da família Dyna foi trazida a Switchback ( veja a postagem) e também a Fat Bob (FXDF) no estilo dark custom. Tem 2 faróis e os amortecedores são revestidos por um tubo , parece que já vem com conta-giros no painel e o guidão é reto.

Foto Harley-Davidson USA

A Blackline, da família Softail, com pneu fino na frente e rodas raiadas, vem com freios ABS e o valor gira em torno de R$ 42.000,00

Foto Harley-Davidson USA

Como fazem 10 anos que a V ROD foi criada; para comemorar, fizeram um edição especial. O valor da máquina, R$ 53.700,00

Foto Harley-Davidson USA


Dizem que esta Touring é a mais vendida no mundo. A Street Glide vem em duas versões, sem e com freios ABS. Os valores são R$61.200,00 e R$68.400,00, respectivamente. Para mim ela lembra uma Road King carenada... Olhar feminino...

Foto Harley-Davidson USA

Sonho de consumo daqueles que não querem se incomodar com customização ,  tem a CVO Ultra Classic Electra Glide, que já vem customizada de fábrica. Motor V-Twin 103 no valor de RS104.900,00

Foto Harley-Davidson USA


Para detalhes e ficha técnica acesse o site Harley-Davidson

Penso que também seria bom se eles trouxessem para o Brasil a 883 super Low, para as meninas que queiram iniciar sua vida em duas rodas, através da Harley. A Nightster também é uma máquina bastante procurada pelo feminino pois é a mais leve da categoria, além de ser muito "nervosa".
Neste Brasil, temos muitas mulheres pilotando suas esportivas... CBR, Hayabusa, Suzuki, Kawazaki... Lindo de ver...


OBS: os valores das motos foi retirado do site Quatro Rodas.

2 de outubro de 2011

HARLEY-DAVIDSON FLORIPA


Através do PHD recebemos a notícia de que no primeiro trimestre de 2012, já vai estar em pleno funcionamento a Concessionária Harley-Davidson de Santa Catarina, cujo nome será HARLEY-DAVIDSON FLORIPA. À localizar-se às margens da BR 101, a 800m antes do acesso à Ilha de Florianópolis. Os idealizadores são: Wandelei Berlanda, da HAI Toyota e Adilson Altrão, da HDPoint, que pretendem apresentar uma loja de motociclistas para motociclistas, onde além dos produtos da marca encontrarão também um ambiente onde a paixão pela marca poderá ser compartilhada.
Embora a Concessionária ainda não esteja aberta, os idealizadores vão fazer "pré-lançamentos" com a abertura de stands de venda da Harley nos shoppings center de Blumenau, Joinville, Balneário Camboriú, Florianópolis, Chapecó e Criciúma.

O site será este Harley Davidson Florianópolis 

Retirado do PHD SC



Vai ser muito bom para Santa Catarina, uma concessionária Harley-Davidson, porque a maioria dos harleyros, precisavam da concessionária de Curitiba para obter produtos e serviços. 
A local escolhido para a nova HD Floripa é bem acessível, pois fica às margens da BR, sem necessidade de entrar na cidade.
A idéia de iniciar as vendas em Shopping também é uma boa jogada de marketing, desde que já tenham como realizar as revisões de 1600km e ou assistência técnica...

Vamos aguardar com alegria mais uma loja para os apaixonados pela legendária marca Harley-Davidson...

Vìdeos Zen na Motocicleta