29 de agosto de 2011

26 de agosto de 2011

Dyna Switchback FLD 2012






Esta belezura de motocicleta é uma Dyna estilo Retrô com pneu dianteiro mais largo e rodas de alumínio, farol maior - estilo Roa King; motor Twin Cam 103 com 6 marchas, amortecedores tipo old school mas com alta tecnologia e de fácil ajuste ; párabrisa e alforjes destacáveis. O banco é em 2 níveis, e o guidão é o mini ape - que traz os comandos para perto do piloto. Ah! e ainda por cima tem plataforma para os pés.
É uma moto que se adapta bem no estilo touring e também  no  estilo cruising...

Veja toda a matéria no site Harley-Davidson



23 de agosto de 2011

Herdando os alforjes da 883C

Quando tinha a 883C, havia encontrado um alforje de couro da Harley-Davidson, bem especial, para os modelos FX.
Mas, quando pus a moto à venda preferi ficar com eles para adaptar na nova bike, até poder comprar os alforjes da Deluxe. 
Como a minha Deluxe já veio com sissibar, sempre que vamos viajar eu fixo os alforjes nele. 
Embora os alforjes sejam pequenos, eu levo " adventure clothes" que fazem pouco volume e não amassam.
Mas se precisar de mais espaço, sempre tem lugar nos alforjes da moto do Berton, hehehehe...

Leva-se o que se pode carregar...



18 de agosto de 2011

Monja Coen - Também foi motociclista

Por Renata Leão

Uma das primeiras mulheres a comprar uma motocicleta no Brasil e a única a comandar um templo budista no país, Cláudia Baptista de Souza, a Monja Coen, diz que acelerar duas rodas com maestria é o mesmo que meditar.

Antes de se tornar monja, Cláudia foi jornalista, aprendeu andar de moto numa Ducati quando tinha 19 anos e curtiu a vida em diversas motocicletas. Foi uma das primeiras mulheres a comprar uma motocicleta quando chegaram no Brasil.Quando estava trabalhando como jornalista ela comprou uma de maior cilindrada,  pois ia fazer as matérias de moto.
Num belo dia resolveu ir para o Rio de Janeiro de motocicleta, sozinha... Usando um casaco de pele de carneiro, com um cordão de karatê envolta da cintura, pegou a estrada; no meio do caminho dormiu numa pousada de caminhoneiro. Chegou no Rio de Janeiro e ficou alguns dias na praia.
Renata perguntou: qual foi a sensação desta viagem?
"Um prazer, uma alegria. A moto tem muito isso, você tem de estar inteiro, com atenção permanente. Você e a moto têm de se tornar um corpo só, e não uma dualidade. Se você pensar que é você e a moto, você cai. Tem de pensar que é uma coisa só. E presta muita atenção porque você está em contato com o vento, sem proteção. Justamente por isso seu estado de alerta tem de ser maior."


"A moto é como a vida. É ela que lhe diz quando mudar a marcha. Você não escolhe."


Fonte: Revista IZZO

Mais sobre Monja Coen

14 de agosto de 2011

Nomenclatura da Harley-Davidson Brasil

Você já percebeu que a sua moto tem uma codificação em letras? Já teve curiosidade de saber o porquê daquelas letras ao invés de apenas o nome: Sportster, Dyna, Heritage, etc?
Pois quando me dei conta disto lendo o manual da motocicleta, pensei que, talvez, fosse uma postagem interessante. Procurei deixar apenas as especificações para as motos que são vendidas no Brasil, pois se formos considerar toda a nomenclatura, fica uma postagem muito extensa. 
A idéia é simplificar... Então vamos começar...
Cada designação é dividida em 4 partes, sendo que a primeira é o tipo de motor, a segunda - tipo de roda frontal e garfos dianteiros; a terceira - família e certas qualidades e a quarta: modelos e suas variações
Primeira parte:
F - Motor Big-Twin de 1450 à 1800cc
XL - Motor 883 à 1200cc
V - Motor de V- Twin 1130 à 1250cc

A segunda parte:
X- Roda frontal de 19 ou 21 polegadas.
L- Pneu frontal largo 16 à 17 polegadas e forquilhas frontais Hydra-Glide.
R - Racing (corrida), no caso das V Rod - musculosas

A terceira parte :
D- Dyna
C- Classic, Competition, Custom, vários significados.
H- “High performance” e “Heavy duty”.
S- Versão esportiva (V Rod)
HT – Highway Touring.
ST – Softail.

As demais letras:
C- Classic, Competition, Custom.
DX - Dark - motor de cor preta e motorzão
F - Fat Boy
I- Injeção eletrônica.
N- Nostalgia.
R- Roadster- estradeira, ou Road King  
S- Versão esportiva, no caso da Road King Custom - Special.
T- Touring, ou ainda, moto que possui carenagem.
U - Ultra
N- Nightster - Motor preto
L - Low - baixa
W - Pneu traseiro largo
SE - Screamin'Eagle (edição especial)
X - Power

FLHT – Electra Glide Standard
FLHTCUI - Electra Glide Ultra Classic
FLHR - Road King
FLHRCI - Road King Classic
FLHX - Street Glide
FXDC - Dyna Custom
FXDI - Dyna Super Glide
FXST - Night Train
FXCW - Rocker
FLSTN - Deluxe
FLSTF - Fat Boy
FLST- Heritage Softail
FLSTC - Heritage Softail Classic
XL - Sportster
XLC - 883C
XL1200N - Nightster
XL1200R -Roadster
VRSC - V Rod 
VRSCDX - V Rod EXplosive

Acabou o mistério, pois agora temos uma base para entender as siglas da lendária marca Harley-Davidson. 

9 de agosto de 2011

Mulheres da Era de Aquário em 2 Rodas


Tenho pensado a respeito desta onda sem fronteiras, onde as mulheres estão cada vez mais presentes no mundo da motocicleta. Há duas semanas atrás, resolvi procurar entender este fenômeno astrologicamente. Pois é algo muito abrangente e está atuando coletivamente.
Além da entrada na era de Aquário onde as pessoas vão se auto-trabalhar a fim de encontrar as suas próprias respostas; temos "Urano em Aquário desde 1996, onde uma certa androginia é evidente: homens e mulheres com menos distinção entre os sexos; maior intercâmbio entre eles, maior liberdade sexual e sem preconceitos ou barreiras. Globalização, "abertura", movimentos ecológicos, movimentos humanitários, ONGs, etc. etc." 

8 de agosto de 2011

Moto Café em Blumenau - um ótimo passeio

No sábado, montamos em nossas lindonas e fomos em direção à Blumenau, passando por lindas paisagens bucólicas cercada por montanhas azuis que se perdiam no horizonte... 
A nossa intenção era ir até a Moto Café, que fica quase ao lado do Shopping Neumarkt.
A Moto Café é uma loja de venda de motocicletas multimarcas, de acessórios para motos e para motociclistas, inclusive roupas, calçados e capacetes. Têm para todos os gostos, mas o que fiquei impressionada foi com os artigos da Harley-Davidson - pins, anéis e relógios, luvas para todos os gostos; botas; camisetas, coletes e jaquetas, e acessórios, é claro.
Os harleyros que vem para o Encontro Internacional de PHD, que vai se realizar nos dias 19 à 21 de agosto, vão adorar!!!

Ah! Na Moto Café (como diz o nome) tem um espaço muito gostoso para se tomar um café e algo mais!!!
Como sempre, somos muito bem recebidos pelos anfitriões e pelo pessoal de apoio... E também temos a oportunidade de conhecer boas pessoas...
Este é um ótimo bate-e-volta para quem mora no norte-nordeste de Santa Catarina.


Eu e a Vivi

3 de agosto de 2011

Levando um(a) garupa

Primeiro de tudo 
Preparar a sua motocicleta...
Antes de você pedir para o garupa subir na sua Harley-Davidson, tenha certeza de que a sua moto está preparada para tal experiência. 
Certos modelos são bem confortáveis para o garupa; assim como as Electra Glide. Porém há modelos em que o assento precisa ser mudado e o acréscimo de um encosto já dão um certo conforto. Mas aquelas que tem assento solo e não tem pedaleiras... nem pensar.
É muito importante ajustar a suspensão e calibrar os pneus, para dois passageiros.



Vìdeos Zen na Motocicleta